Toda crise tem oportunidades, e este é o momento de olhar com calma para os pequenos negócios, diz a VP da Associação Brasileira de Startups

 Uma jornada como tantas outras, com desafios, oportunidades, conquistas e decisões difíceis. A empreendedora Tânia Gomes, VP da Associação Brasileira de Startups, já passou por todos esses momentos mais de uma vez. Criou seu primeiro negócio antes dos 20 anos, passou pelo crivo dos investidores do programa Shark Tank e hoje é sócia da Green Buddy, marca de alimentos saudáveis para pets. “O DNA de empreender faz parte de quem somos, e não de uma empresa. Minha jornada é uma evolução contínua e quero passar um pouco disso para vocês”, disse Tânia em sua palestra no Viasoft Connect 2020.

Inspiração

De acordo com o Sebrae, o Brasil tem mais de nove milhões de mulheres à frente de seus próprios negócios. Uma experiência que sempre fez parte da vida de Tânia. A cada projeto, a empreendedora criou conexões que foram transformando seu perfil profissional. “São pontes que construímos e que continuam existindo. Construam essas pontes, mas também aproveitam a jornada. Quando uma mulher vai empreender, é comum assumir mil tarefas e não comemorar as pequenas vitórias”, destacou.

Preparativos para 2021

Entre abrir uma marca de sapatos de tamanhos menores e se tornar referência em empreendedorismo feminino, Tânia Gomes colecionou aprendizados. No Viasoft Connect, compartilhou alguns deles com os participantes, destacando a importância de colocar o cliente sempre em primeiro lugar. “O que levamos de positivo para a vida de alguém quando vendemos um produto ou serviço?”, questionou. Para a palestrante, em 2021 será essencial manter esse foco e agir com perseverança. “Devemos preparar nossos negócios para um primeiro semestre com restrições, sim; mas principalmente para um segundo semestre de retomada. Aproveitem esse tempo para pensar em inovação, melhorar processos, produtos e o relacionamento com clientes. Toda crise tem começo, meio e fim”, finalizou.

Conteúdo: Básica Comunicações

 

Apoio: Lei de Incentivo à Cultura, Copel e Governo do Paraná

 

Patrocínio: Condor, Copel, Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania

 

Patrocinadores: Horizons Telecom, Sistema Fiep, Pós PUC Digital, Condor, Grupo Voitto, Haze Shift, Nexcore, Task TI, Ateliware, Exact Sales, LB2 Consultoria

 

Correalizadores: Vale do Pinhão, Agência Curitiba de Desenvolvimento, Prefeitura Municipal de Curitiba, ABRH-PR, Condor Connect, Governo do Estado do Paraná, OAB/PR, Sebrae, RPC, Inside Sales Curitiba, CS Move, Women Leadership

 

Apoiadores: iCities, Faciap, Unifacear, Instituto das Cidades Inteligentes, Unicentro, CREA-PR, Unidep, ADVB-PR, Assespro, Curitiba Angels, Gazeta do Povo, Gazz Conecta, Hotmilk, AAA Inovação, JValério, Great Place to Work, GhFly, Curitiba e Região Convention & Visitors Bureau (CCVB)