Ter e desenvolver um time de trabalho é um grande desafio, iniciando com o olhar singular e não de commodity sobre a equipe. Realizar ações de desenvolvimento generalistas pode dar resultado a curto prazo, quando dá. Acreditar que construir ações que estimulem a motivação vai gerar o mesmo efeito em todos, é um grande equívoco.

 

Pois bem, diante desses três exemplos, qual seria então a saída?

 

A resposta é Gestão da Singularidade, compreender que seu time é formado por profissionais únicos, que carregam consigo uma história de vida, uma trajetória profissional, e se aproximar individualmente pode ser o caminho para posterior fortalecimento do time. Respeitando as diferenças, compreendendo os pontos fortes de cada um e seus possíveis gaps, assim o líder vai construindo uma equipe que se complementa, heterogênea. A pessoa certa na posição certa.

O time passa por etapas até chegar ao desempenho, no inicio podem ser percebidos apenas como um grupo de pessoas trabalhando juntas, sem muita sincronia, pensamento individual, ausência de coletividade, baixa confiança, nesse ponto o líder precisa intervir, despertar o potencial de cada um e o pensamento coletivo, criar  recursos para que o time engaje-se, celebrar os resultados globais e não só individuais, essas são pequenas estratégias que podem contribuir com a evolução do grupo para equipe. Considera-se equipe quando há feedback constante, sinergia, resultados compartilhados e estão todos por um propósito maior.

 

E ainda dá para ficar melhor!  Como?

 

  • Incentivando a alta performance!
  • Perguntando mais e respondendo menos!
  • Confie e delegue.
  • Dê autonomia e liberdade para o colaborador ousar. Lembre-se, quem nunca errou provavelmente não tenha tentado algo novo.
  • Trace metas e objetivos com acabativa.

 

 

Lembre-se líder, cada um tem a equipe que merece, isso te alegra ou te assusta?

 

Liderança você é o espelho, e quando a equipe olha pra você, o que eles enxergam?

Reflita e analise sua condução diante da gestão da singularidade, você é os seus resultados.

 

 

Flávia Sá é Diretora de Desenvolvimento Humano na Viasoft. Ela faz parte do time de palestrantes do Viasoft Connect.